Ainda Vanessa

15 09 2009

A LUA E EU
(Cassiano e Paulo Zdanowski)

Mais um ano se passou
E nem sequer ouvi falar seu nome, a lua e eu
Caminhando pela estrada
Eu olho em volta e só vejo pegadas
Mas não são as suas eu sei,
Eu sei, eu sei
O vento faz eu lembrar você
As folhas caem mortas como eu





Vanessa e os seus perfumes de sim

14 09 2009

Depois de cinco meses sem escrever uma única letra aqui, finalmente vivi uma experiência digna de publicação.
vanessadamata

Vanessa, neste final de semana, veio ao Rio de Janeiro dar o ar da graça e iluminar o cenário musical da cidade maravilhosa.
Meu relato sobre o show é o seguinte:
– Palco vazio
– Apenas 4 músicos
– Pouca ornamentação
– Show pequeno (ela poderia cantar mais umas 4 músicas)
– Voz maravilhosa
– Cantora encantadora
– Presença de palco absoluta

O show é tão perfeito que sorri do começo ao fim.
Na primeira música, quando ela começou a cantar pensei que ia passar mal. Pensei “vou ter que chamar o 192 SAMU!”.

Minha melhor experiência musical.
Vanessa da Mata – Jardim e Perfumes de Sim