Ausência de tempo e a angústia

27 11 2008

httpCriar um blog foi, inicialmente, um desejo de ocupar o tempo. Argumentar sobre coisas aleatórias e afins. Mas aí, as pessoas começam a aparecer, começam a fazer parte dessa parte da sua vida, e tudo ganha um ar de encantamento persuasivo. Quando vamos ver, temos a obrigação responsabilizadora de escrever alguma coisa. Não que os leitores precisem, creio que quem precisa são os escritores, mas fica um ar de “putz! hoje não atualizei o blog”.

Muitas coisas acontecem no meu dia que me fazem querer escrever sobre. Não consigo mais estar aqui diariamente. E, como sempre tenho uma dúvida, a questão aqui é: se já não tenho mais tempo, devo então parar de escrever em definitivo?

A internet exige atualização constante. No entanto, as mídias sociais nos permitem uma liberdade maior sobre o que fazer, escrever, ilustrar e quando fazê-lo.

O ironizando está em crise. Crise da ausência de tempo e a angústia da desatualização.

Volto assim que possível.